PESQUISA QUALITATIVA

UMA NECESSIDADE EMPRESARIAL

 

Há algumas décadas os métodos “qualitativos” não cessam de ganhar importância nas ciências sociais. A expressão “pesquisas qualitativas” assume diferentes significados, pois compreendem um conjunto de técnicas descritivas, comparativas e interpretativas que visam a descrever e a decodificar os componentes de um sistema complexo de significados.

A pesquisa qualitativa é mais participativa e, portanto, menos controlável. Os participantes da pesquisa (focus group ou grupo de discussão) podem direcionar o rumo da pesquisa em suas interações com o moderador/pesquisador.

A Pesquisa qualitativa tem como características:

  • A fonte de dados é o ambiente natural
  • O pesquisador é o instrumento principal
  • É descritiva/analítica
  • Valoriza muito o processo e não apenas o resultado

Assim sendo, a análise/ diagnóstico empresarial, por seu caráter exploratório, privilegia metodologias predominantemente qualitativas. Esta afirmação confere à atividade de levantamento dos dados uma característica essencialmente subjetiva e, portanto, pouco estruturada.

As empresas de médio e grande porte se valem dessas metodologias de análise para dar suporte a um lançamento de novos produtos, mudança de logomarca, nome, aumento do mix ou estratégias de marketing.  Entretanto, esse não é o único tipo de investigação de comportamento e tendências existentes, pois a pesquisa “qualitativa” tem como objetivo primordial interpretar o fenômeno que observa.

Seu papel é sinalizar possíveis movimentos comportamentais, apontados como tendências, sem ter grande comprometimento com o caráter estatístico desse movimento.

É importante que as empresas enxerguem a pesquisa “qualitativa” como uma ferramenta estratégica para o seu planejamento. Entender que os métodos aplicados são capazes de trazer “insights” para tomadas de decisões quanto a novas oportunidades, diminuindo assim severamente os riscos no planejamento estratégico organizacional (tático/ operacional/ financeiro).

A técnica “qualitativa” neste sentido, não parte de hipóteses pré-concebidas, de questionários fechados, visto que, as hipóteses são construídas após a observação.

O moderador tem o papel de observar, interpretar, influenciar ou ser influenciado pelo fenômeno pesquisado.

O moderador é o instrumento de coleta e análise dos dados. Seu papel é fundamental para essa etapa.

De acordo com as necessidades e objetivos da empresa cliente, pode-se propor métodos específicos para a coleta de dados. Desde os mais tradicionais, como os Focus Group, até os mais inovadores, baseados em metodologias de pesquisas antropológicas e sociais, como invasão de Cenário e compra acompanhada, inspirados na etnografia, quando o moderador/pesquisador vai até a empresa, explorar e mapear códigos relevantes a cultura organizacional.

Salientamos que as metodologias de pesquisas qualitativas e quantitativas não são excludentes. Elas são, muito às vezes, complementares. As pesquisas qualitativas podem ser usadas, primeiramente como um prenúncio à pesquisa quantitativa, mas também pode ser utilizada para incrementar resultados estatísticos que não têm uma causa reconhecida. Nesse caso, elas são usadas para melhor definir o problema, gerar hipóteses, identificar determinantes e desenvolver meios de pesquisas quantitativas.

E de praxe a utilização dos dados de uma pesquisa qualitativa para construir questionários quantitativos mais eficientes.

Ao contratar um serviço de pesquisa mercadológica, observar qual resultado deseja atingir e analisar cuidadosamente se vai ser necessária a utilização dos dois métodos e/ou somente de uma das técnicas.

 

Isa Cet. Geronimo

Consultora-moderadora

IQQ – Instituto Qualquanti

www.institutoqualquanti.com.br

Fontes consultadas: Planejamento de Marketing & Mundo do Marketing

 

clique aqui para comentar!


PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL

O que é Clima Organizacional?

A Pesquisa de Clima Organizacional é uma das mais importantes ferramentas para Gestão de Pessoas e Planejamento Estratégico de Recursos Humanos.

É um instrumento que avalia desde o nível de satisfação das pessoas da empresa até o ambiente interno da empresa. Para tanto, aplica-se para a todos os funcionários um questionário impresso ou digital, com garantia de anonimato, a fim de identificar e, posteriormente, analisar as opiniões, as atitudes e os comportamentos de todos os colaboradores da organização em relação aos diversos itens avaliados pela pesquisa.

Por que fazer Clima?

O objetivo da Pesquisa de Clima Organizacional é mensurar o nível de satisfação dos colaboradores com relação aos aspectos do ambiente organizacional e a maneira como as pessoas interagem uma com as outras.

Hoje, neste mundo tão cheio de transformações, em meio à globalização, fusões e aquisições, as empresas devem, melhorar seus índices de competitividade e para isso ela depende quase que única e exclusivamente de seus Seres Humanos - motivados, felizes e orgulhosos dos valores compartilhados com a organização.

As organizações precisam manter o índice de motivação de seus colaboradores o mais elevado nível possível de forma que este valor passe a ser um dos seus indicadores de resultado.

É importante dizer que a Pesquisa de Clima deve sempre estar coerente com o planejamento estratégico da organização e deve contemplar questões de diferentes variáveis organizacionais, tais como:


  1. O trabalho em si
  2. Integração Setorial e Interpessoal
  3. Salário
  4. Estilo Gerencial
  5. Comunicação
  6. Desenvolvimento Profissional
  7. Imagem da empresa
  8. Processo decisório
  9. Benefícios
  10. Condições físicas do trabalho
  11. Trabalho em equipe
  12. Orientação para resultados

 O resultado final da Pesquisa de Clima Organizacional apresentará as informações necessárias para a identificação de oportunidades de melhoria e a elaboração de um plano de ações.

 

Como sei que preciso realizar uma pesquisa de clima organizacional na minha empresa?

Que benefício essa pesquisa pode trazer para minha empresa?

Qual o tamanho Mínimo de uma empresa para aplicar uma pesquisa de Clima Organizacional?

 

Você tem essas dúvidas???

Entre em contato conosco... solicite uma proposta e verifique como anda o clima organizacional da sua empresa.

clique aqui para comentar!


Hegberto A. Rech 
C.A.O

 

Dia_dos_pais

INTRODUÇÃO

Esta pesquisa foi realizada pelo Instituto QualQuanti, Métodos de Pesquisas & Consultoria LTDA, nas proximidades de um Shopping de Curitiba, sobre o perfil do Consumidor e Hábitos de consumo no DIA DOS PAIS.

As coletas dos dados foram realizadas na semana do dia 26 de Julho até o dia 01 de Agosto de 2010, nas dependências do Shopping com uma amostra de 395 questionários, com margem de erro de 5%.

PERFIL DO CONSUMIDOR

O perfil do consumidor é predominantemente acima de 35 anos, do sexo feminino, como principais ocupações Estudantes e Dona de casa.

A renda familiar bruta deste público está, de acordo com o critério Brasil, em sua maioria nas Classes C1 e B2.

Quando perguntado sobre o DIA DOS PAIS, 89,87% sabe em qual dia é comemorado.

HÁBITOS DE COMPRAS

O consumidor prefere passar o DIA DOS PAIS em CASA e o principal presente que irão dar serão ROUPAS.

O valor médio do presente é de R$191,96 e o valor com maior frequência foi o de R$100,00.

Grande parte deste consumidor (59,75%) paga em dinheiro, sendo que no cartão débito/ crédito à vista soma 33,16%. As bandeiras de cartão mais utilizadas são VISA e MASTER com 57,34% e 49,65% respectivamente.

Em relação ao ano passado, o valor do presente para o DIA DOS PAIS, será igual ou superior neste ano, mostrando assim uma estabilidade financeira e a facilidade de crédito que a classe C e B vêm conseguindo.

 

Hegberto A. Rech 
C.A.O

 

O IQQ é destaque no site ClickMarket !!!
Em matéria exibida no dia 12 de julho, o site fala um pouco sobre a criação do Instituto e também uma breve explanação sobre os nossos serviços.
Para ver na integra essa matéria acesse: www.clickmarket.com.br.  

Um abraço a todos.

Bruno Probst.
 

 

Bem Vindos ao Blog IQQ!

Neste espaço estaremos postando artigos, matérias e pesquisas sobre tendências mercadológicas, sistemas de gestão, política entre outros.
Participe do Blog IQQ, de sua contribuição, pois informação gera conhecimento.

Atenciosamente,

Isalda Cet. Geronimo
C.E.O

Hegberto A. Rech
C.A.O